Os conceitos de suporte e resistência são fundamentais na análise técnica do mercado financeiro. Independentemente do tipo de mercado – ações, forex, ou criptomoedas – esses conceitos se aplicam. Embora sejam conceitos simples de entender, dominá-los pode ser desafiador. Identificar suportes e resistências é subjetivo, pois eles funcionam de maneira diferente em diferentes condições de mercado. Além disso, é necessário entender os diferentes tipos de suporte e resistência. Neste guia, vamos ajudá-lo a começar a estudar esses conceitos, analisando gráficos.

O que são suporte e resistência?

Em seu nível mais básico, suporte e resistência são conceitos simples. O preço encontra um nível que não consegue ultrapassar, atuando como uma barreira. No caso do suporte, o preço encontra um “piso”, enquanto na resistência, encontra um “teto”. Basicamente, podemos pensar no suporte como uma zona de demanda e na resistência como uma zona de oferta.

Embora, tradicionalmente, o suporte e a resistência sejam representados por linhas, na prática, eles são geralmente mais imprecisos. É importante lembrar que o mercado não é regido por uma lei física que impeça a quebra de um nível específico. Por isso, pode ser mais benéfico pensar em suporte e resistência como áreas. Podemos pensar nessas áreas como intervalos em um gráfico de preços que provavelmente atrairão uma atividade aumentada dos traders.

Vejamos um exemplo de um nível de suporte. Observe que o preço entrou continuamente em uma área onde o ativo foi comprado. Uma faixa de suporte foi formada à medida que a área foi retestada várias vezes. E, como os ursos (vendedores) não conseguiram empurrar o preço ainda mais para baixo, ele eventualmente subiu – potencialmente iniciando uma nova tendência de alta.

Os conceitos de suporte e resistência são fundamentais na análise técnica do mercado financeiro. Independentemente do tipo de mercado - ações, forex, ou criptomoedas - esses conceitos se aplicam. Embora sejam conceitos simples de entender, dominá-los pode ser desafiador. Identificar suportes e resistências é subjetivo, pois eles funcionam de maneira diferente em diferentes condições de mercado. Além disso, é necessário entender os diferentes tipos de suporte e resistência. Neste guia, vamos ajudá-lo a começar a estudar esses conceitos, analisando gráficos.

Preço oscilando em uma área de suporte antes de uma quebra.

Agora, vamos analisar um nível de resistência. Como podemos ver, o preço estava em uma tendência de baixa. Mas, após cada oscilação, ele não conseguiu romper a mesma área várias vezes. O nível de resistência é formado porque os touros (compradores) não conseguiram assumir o controle do mercado e elevar o preço, fazendo com que a tendência de baixa continue.

Preço incapaz de romper uma área de resistência.

Preço incapaz de romper uma área de resistência.

Como os traders podem usar os níveis de suporte e resistência

Os analistas técnicos usam os níveis de suporte e resistência para identificar áreas de interesse em um gráfico de preços. Esses são os níveis em que a probabilidade de reversão ou pausa na tendência subjacente é maior.

A psicologia do mercado desempenha um papel crucial na formação dos níveis de suporte e resistência. Os traders e investidores se lembrarão dos níveis de preços que anteriormente viram um aumento de interesse e atividade de negociação. Como muitos traders podem estar observando os mesmos níveis, essas áreas podem atrair maior liquidez. Isso frequentemente torna as zonas de suporte e resistência ideais para grandes traders (ou “baleias”) entrarem ou saírem de posições.

O suporte e a resistência são conceitos-chave quando se trata de exercer uma gestão adequada de risco. A capacidade de identificar consistentemente essas zonas pode apresentar oportunidades de negociação favoráveis. Normalmente, duas coisas podem acontecer quando o preço atinge uma área de suporte ou resistência. Ele pode se afastar da área ou rompê-la e continuar na direção da tendência – potencialmente em direção à próxima área de suporte ou resistência.

Entrar em uma negociação perto de um nível de suporte ou resistência pode ser uma estratégia benéfica. Principalmente por causa do ponto de invalidação relativamente próximo – onde geralmente colocamos uma ordem de stop-loss. Se a área for violada e a negociação for invalidada, os traders podem encerrar a operação com uma pequena perda. Nesse sentido, quanto mais distante a entrada estiver da zona de oferta ou demanda, maior será o ponto de invalidação.

Outro fator a considerar é como esses níveis podem reagir a mudanças de contexto. Como regra geral, uma área de suporte rompida pode se tornar uma área de resistência quando rompida. Por outro lado, se uma área de resistência for rompida, ela pode se tornar um nível de suporte posteriormente, quando retestada. Esses padrões às vezes são chamados de reversão suporte-resistência.

Área de suporte rompe e se transforma em resistência ao ser retestada.

Área de suporte rompe e se transforma em resistência ao ser retestada.

O fato de que a zona de suporte anterior age como resistência agora (ou vice-versa) confirma o padrão. Assim, o reteste da área pode ser um momento favorável para entrar em uma posição.

Outro aspecto a ser considerado é a força de uma área de suporte ou resistência. Tipicamente, quanto mais vezes o preço cair e retestar uma área de suporte, maior a probabilidade de ela ser rompida para baixo. Da mesma forma, quanto mais vezes o preço subir e retestar uma área de resistência, maior a probabilidade de ela ser rompida para cima.

Portanto, entendemos como funciona o suporte e a resistência em relação à ação do preço. Mas quais são os outros tipos de suporte e resistência que existem? Vamos analisar alguns deles.

Suporte e resistência psicológicos

O primeiro tipo que vamos discutir é o suporte e resistência psicológicos. Essas áreas não necessariamente se correlacionam com nenhum padrão técnico, mas existem devido à forma como a mente humana tenta compreender o mundo.

Caso você não tenha percebido, vivemos em um lugar extremamente complexo. Por isso, inadvertidamente tentamos simplificar o mundo ao nosso redor para que possamos compreendê-lo melhor – e isso inclui arredondar números. Você já pensou para si mesmo que tem vontade de comer 0,7648 de uma maçã? Ou pediu a um comerciante 13.678.254 grãos de arroz?

Um efeito semelhante ocorre nos mercados financeiros, especialmente no trading de criptomoedas, que envolve unidades digitais facilmente divisíveis. Comprar um ativo a $8,0674 e vendê-lo a $9,9765 não é processado da mesma forma que comprar a $8 e vender a $10. Por isso, números redondos também podem atuar como suporte ou resistência em um gráfico de preços.

Bem, se fosse tão simples assim! Esse fenômeno é bem conhecido ao longo dos anos. Alguns traders podem tentar “antecipar” áreas óbvias de suporte ou resistência psicológica. Antecipar, nesse caso, significa colocar ordens logo acima ou abaixo de uma área de suporte ou resistência esperada.

Observe o exemplo abaixo. À medida que o DXY se aproxima de 100, alguns traders colocam ordens de venda logo abaixo desse nível para garantir que essas ordens sejam executadas. Como muitos traders esperam uma reversão em 100 e muitos antecipam o nível, o mercado nunca o alcança e reverte justo antes.

Índice do Dólar Americano (DXY) reverte antes de atingir 100.

Índice do Dólar Americano (DXY) reverte antes de atingir 100.

Suporte e resistência de linhas de tendência

Se você leu nosso artigo sobre padrões clássicos de gráficos, saberá que os padrões também podem atuar como barreiras para o preço. No exemplo abaixo, um triângulo ascendente mantém o preço contido até que o padrão seja rompido para cima.

Linhas de tendência atuando como suporte e resistência para o S&P 500.

Linhas de tendência atuando como suporte e resistência para o S&P 500.

Você pode usar esses padrões a seu favor e identificar áreas de suporte e resistência que coincidam com linhas de tendência. Elas podem ser especialmente úteis se você conseguir identificá-las cedo, antes que o padrão esteja totalmente desenvolvido.

Suporte e resistência de médias móveis

Muitos indicadores também podem fornecer suporte ou resistência quando interagem com o preço.

Um dos exemplos mais simples disso são as médias móveis. À medida que uma média móvel atua como suporte ou resistência para o preço, muitos traders a usam como um indicador da saúde geral do mercado. As médias móveis também podem ser úteis ao tentar identificar reversões de tendência ou pontos de pivô.

Média móvel de 200 semanas atuando como suporte para o preço do Bitcoin.

Média móvel de 200 semanas atuando como suporte para o preço do Bitcoin.

Suporte e resistência de Fibonacci

Os níveis definidos pela ferramenta de retração de Fibonacci também podem atuar como suporte e resistência.

Em nosso exemplo abaixo, o nível de Fibonacci de 61,8% atua como suporte várias vezes, enquanto o nível de 23,6% atua como resistência.

Níveis de Fibonacci atuando tanto como suporte quanto como resistência para o preço do Bitcoin.

Níveis de Fibonacci atuando tanto como suporte quanto como resistência para o preço do Bitcoin.

O que é confluência na análise técnica?

Até agora, discutimos o que são suporte e resistência e alguns de seus diferentes tipos. Mas qual é a maneira mais eficaz de construir estratégias de negociação em torno deles?

Um aspecto fundamental a ser compreendido é o conceito de confluência. Confluência é quando uma combinação de várias estratégias é usada para criar uma única estratégia. Os níveis de suporte e resistência tendem a ser mais fortes quando se encaixam em várias dessas categorias que discutimos.

Vamos considerar isso por meio de dois exemplos. Qual zona de suporte potencial você acha que tem uma maior chance de realmente atuar como suporte?

Suporte 1 coincide com:

  • uma área de resistência anterior
  • uma média móvel importante
  • um nível de Fibonacci de 61,8%
  • um número redondo no preço

Suporte 2 coincide com:

  • uma área de resistência anterior
  • um número redondo no preço

Se você esteve prestando atenção, adivinhou corretamente que o Suporte 1 tem uma maior chance de segurar o preço. Embora isso possa ser verdade, o preço também pode rompê-lo. O ponto aqui é que a probabilidade de atuar como suporte é maior para o Suporte 1 do que para o Suporte 2.

No entanto, não há garantias quando se trata de negociação. Embora os padrões de negociação possam ser úteis, o desempenho passado não implica desempenho futuro, portanto, é importante estar preparado para todas as possíveis situações.

Historicamente, as configurações confirmadas por várias estratégias e indicadores tendem a oferecer as melhores oportunidades. Alguns traders de confluência bem-sucedidos podem ser muito seletivos em relação às configurações em que entram – e muitas vezes isso envolve muita paciência. No entanto, quando eles entram em negociações, suas configurações tendem a ter uma alta probabilidade de sucesso.

Mesmo assim, é sempre essencial gerenciar o risco e proteger seu capital de movimentos de preços desfavoráveis. Mesmo as configurações mais promissoras com os melhores pontos de entrada têm a chance de se mover na direção oposta. É importante considerar a possibilidade de múltiplos cenários para não cair em falsas quebras ou armadilhas de alta e baixa.

Conclusão

Independentemente de você estar fazendo day trading ou swing trading, o suporte e a resistência são conceitos fundamentais a serem compreendidos na análise técnica. O suporte atua como um piso para o preço, enquanto a resistência atua como um teto.

Existem diferentes formas de suporte e resistência, e alguns são baseados na interação do preço com indicadores técnicos. As áreas de suporte e resistência mais confiáveis tendem a ser aquelas confirmadas por várias estratégias.

Atualizado em by Forex Digital
Registro Rápido

Duplitrade: Esta ferramenta de negociação automatizada e amigável não requer nenhuma instalação ou download.

93%
Pontuação de Confiança

Ganhe $10.000 Virtuais! Nas Corretoras Abaixo

icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Pontuação de Confiança
icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Pontuação de Confiança
icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Risco de Perda de Capital
Pontuação de Confiança
Os conceitos de suporte e resistência são fundamentais na análise técnica do mercado financeiro. Independentemente do tipo de mercado - ações, forex, ou criptomoedas - esses conceitos se aplicam. Embora sejam conceitos simples de entender, dominá-los pode ser desafiador. Identificar suportes e resistências é subjetivo, pois eles funcionam de maneira diferente em diferentes condições de mercado. Além disso, é necessário entender os diferentes tipos de suporte e resistência. Neste guia, vamos ajudá-lo a começar a estudar esses conceitos, analisando gráficos.