Nos últimos anos, o espaço dos pagamentos digitais tem se expandido rapidamente. Com o aumento do acesso à internet e a popularização dos smartphones, cada vez mais transações financeiras ocorrem online. Empresas como PayPal, Visa e Mastercard já dominam esse mercado. No entanto, um novo competidor está prestes a entrar em cena: o Facebook Libra, agora renomeado para Diem.

O Que é o Facebook Libra (Diem)?

O Facebook Libra (Diem) é um sistema de pagamento baseado em blockchain proposto pelo Facebook em 2019. Seu objetivo é fornecer acesso a serviços financeiros para pessoas sem conta bancária. Alguns dos membros fundadores são Morgan Beller, David Marcus e Kevin Weil.

Inicialmente, o lançamento estava previsto para 2020, mas foi adiado por várias razões e agora está programado para acontecer em 2021.

O Libra será governado pela Associação Libra (agora chamada de Associação Diem), uma organização independente com sede em Genebra, Suíça. Os membros da associação são compostos por várias empresas dos setores de blockchain, tecnologia, pagamentos, telecomunicações, capital de risco e organizações sem fins lucrativos.

Os membros da Associação Libra são responsáveis por decisões de governança, supervisão do funcionamento do sistema de pagamento Libra, dos projetos construídos em cima da blockchain Libra e concessão de subsídios. O Facebook pretende ter 100 membros na associação até o lançamento.

O Facebook Libra é uma Criptomoeda?

Embora o Libra seja baseado em blockchain e utilize tecnologia criptográfica, o termo “criptomoeda” geralmente implica propriedades específicas que o Libra não possui.

Como Funcionará o Facebook Libra?

O Libra Blockchain (agora chamado de Diem Blockchain) é um blockchain com permissões que serve como a base desse sistema de pagamento. Mas como ele difere de outros blockchains?

Geralmente falamos de blockchains como o Bitcoin ou Ethereum como sendo sem permissão. Isso significa que qualquer pessoa com uma conexão à internet pode acessá-los livremente, realizar transações ou construir em cima deles. Não há ninguém controlando o acesso.

No entanto, esse não é o caso de um blockchain com permissões. Para utilizá-lo, é necessário obter permissão de quem controla a rede. Ou mais especificamente, as aplicações que você utiliza precisam de acesso especial.

Ser um blockchain com permissões significa que o Libra não utilizará mineração ou staking para validar transações, como muitos outros blockchains. Em vez disso, ele dependerá de um grupo de validadores com permissões (membros da Associação Libra) para validar as transações.

De acordo com os criadores, o Libra pode fazer a transição para um sistema de Proof of Stake (PoS) após os primeiros cinco anos. No entanto, esse é um período longo em um espaço tão novo. Então, por que não usar o PoS desde o início? Eles explicam essa escolha no white paper do Libra. De acordo com eles, não existe atualmente um sistema sem permissão que possa suportar bilhões de pessoas realizando transações nele.

O Facebook Libra é Centralizado ou Descentralizado?

De acordo com muitos no espaço de blockchain, os blockchains com permissões não podem ser tão descentralizados quanto seus equivalentes sem permissão, pois se assemelham mais a um banco de dados corporativo tradicional.

Nesse sentido, o Libra não é resistente à censura como o Bitcoin e outras criptomoedas. Como os validadores precisam ser membros da Associação Libra, a rede pode acabar sendo relativamente centralizada.

Por outro lado, controlar e avaliar quais aplicações podem interagir com o ledger distribuído também tem suas vantagens. Por exemplo, pode ser mais fácil excluir aplicações maliciosas e scams.

O Sistema de Pagamento Libra

O sistema de pagamento Libra (agora chamado de sistema de pagamento Diem) suporta vários stablecoins de moeda única vinculados a moedas fiduciárias, como dólar americano, euro e libra esterlina. Eles funcionam de maneira semelhante aos stablecoins que você já conhece, onde seu valor é derivado de uma reserva chamada Reserva Libra. Essa reserva é composta por dinheiro, equivalentes de dinheiro e títulos do governo de curto prazo.

Além disso, o sistema de pagamento Libra também suportará uma moeda multi-moedas chamada Diem Dollar (anteriormente LBR). É uma espécie de composição desses outros stablecoins e é lastreada por uma cesta de ativos que garantem seu valor. Pode-se pensar nessa moeda como um stablecoin de stablecoins (e possivelmente outros ativos, como títulos). A ideia é que essas várias formas de garantia possam protegê-la da volatilidade – um aspecto importante para algo que pretende ser uma forma de pagamento.

A criptomoeda Libra será armazenada em uma futura carteira digital chamada Novi (anteriormente Calibra Wallet). Como você pode esperar, essa carteira digital será integrada a outros produtos de mídia social, como o Facebook Messenger e o WhatsApp. De acordo com os planos, os usuários poderão converter facilmente entre dólares americanos (ou outras moedas fiduciárias) e a moeda do Facebook.

O código-fonte do Libra, chamado Diem Core, é de código aberto e escrito em Rust – você pode conferir no GitHub do Diem. De acordo com os planos, o Libra também oferecerá suporte a recursos de contratos inteligentes por meio de uma linguagem de programação chamada Move.

O Futuro do Libra (Diem)

O Facebook enfrentou críticas após o anúncio original do Libra, principalmente de bancos centrais, legisladores e reguladores. Resta saber se eles conseguirão reunir todos os blocos necessários para fazer do Libra um sucesso.

Considerações Finais

O Libra é um sistema de pagamento proposto pelo Facebook baseado em um blockchain com permissões. Seu objetivo é levar serviços financeiros para pessoas desbancarizadas por meio dos aplicativos de mídia social do Facebook. Com o lançamento previsto para 2021, o Diem pode inaugurar uma nova era nos pagamentos digitais.

Atualizado em by Forex Digital
icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Risco de Perda de Capital
Registro Rápido

Corretora regulamentada. Conta Demo com $10.000 em fundos virtuais Grátis!

92%
Pontuação de Confiança

Ganhe $10.000 Virtuais! Nas Corretoras Abaixo

icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Pontuação de Confiança
icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Pontuação de Confiança
icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Risco de Perda de Capital
Pontuação de Confiança
Nos últimos anos, o espaço dos pagamentos digitais tem se expandido rapidamente. Com o aumento do acesso à internet e a popularização dos smartphones, cada vez mais transações financeiras ocorrem online. Empresas como PayPal, Visa e Mastercard já dominam esse mercado. No entanto, um novo competidor está prestes a entrar em cena: o Facebook Libra, agora renomeado para Diem.