A análise técnica é uma das formas mais utilizadas para analisar os mercados financeiros. Ela pode ser aplicada a praticamente qualquer mercado financeiro, seja ações, forex, ou criptomoedas. No entanto, dominar a análise técnica não é uma tarefa fácil e muitos iniciantes cometem erros que podem custar caro. Neste artigo, vamos abordar os 7 erros mais comuns em análise técnica e como evitá-los para alcançar o sucesso no trading.

Introdução à Análise Técnica

Antes de mergulharmos nos erros comuns em análise técnica, é importante entender o que é essa abordagem. A análise técnica é uma metodologia utilizada para prever os movimentos futuros do preço de um ativo com base no estudo de seu comportamento passado. Ela se baseia no pressuposto de que os padrões de preço se repetem ao longo do tempo.

Embora os conceitos básicos da análise técnica sejam relativamente fáceis de entender, dominá-la é um desafio. Ao aprender qualquer nova habilidade, é natural cometer muitos erros no caminho. No entanto, quando se trata de trading ou investimento, cometer erros pode resultar em perdas significativas de capital. Portanto, é crucial aprender com os erros e evitar cometê-los sempre que possível.

1. Não cortar suas perdas

Um dos erros mais comuns que muitos traders iniciantes cometem é não cortar suas perdas. Proteger seu capital deve ser sempre sua prioridade número um. Como disse o trader de commodities Ed Seykota: “Os elementos de uma boa negociação são: (1) cortar as perdas, (2) cortar as perdas e (3) cortar as perdas. Se você puder seguir essas três regras, talvez tenha uma chance.”

Quando você está começando a negociar, pode ser assustador, e uma abordagem sólida é começar com tamanhos de posição menores ou até mesmo sem arriscar fundos reais. Por exemplo, a Binance Futures oferece um teste de simulação onde você pode experimentar suas estratégias antes de arriscar seu dinheiro suado. Dessa forma, você pode proteger seu capital e arriscá-lo apenas quando estiver produzindo consistentemente bons resultados.

Estabelecer um stop-loss é uma maneira racional de proteger suas negociações. Cada negociação deve ter um ponto de invalidação, onde você aceita que sua ideia de negociação estava errada. Se você não aplicar essa mentalidade às suas negociações, provavelmente não terá um bom desempenho a longo prazo. Mesmo uma única negociação ruim pode ser muito prejudicial para sua carteira, e você pode acabar segurando uma posição perdedora, esperando que o mercado se recupere.

2. Fazer muitas negociações

Outro erro comum é a tendência de fazer muitas negociações. Muitos traders iniciantes acreditam que precisam estar sempre em uma negociação para obter lucros. No entanto, o trading envolve muita análise e, muitas vezes, requer paciência. Em algumas estratégias de negociação, pode ser necessário esperar muito tempo para obter um sinal confiável para entrar em uma negociação. Alguns traders podem fazer menos de três negociações por ano e ainda obter retornos excelentes.

Como disse o trader Jesse Livermore, um dos pioneiros do day trading: “O dinheiro é ganho ao ficar parado, não fazendo negociações”. Evite entrar em uma negociação apenas por entrar. Em algumas condições de mercado, é mais lucrativo não fazer nada e esperar por uma oportunidade melhor. Dessa forma, você preserva seu capital e o mantém disponível para aproveitar as boas oportunidades de negociação quando elas surgirem novamente.

Outro erro relacionado é a ênfase excessiva em prazos menores. Análises feitas em prazos mais longos geralmente são mais confiáveis do que as feitas em prazos menores. Prazos menores tendem a produzir mais ruído do mercado e podem tentá-lo a fazer mais negociações. Embora haja traders de sucesso que operam em prazos menores, geralmente é uma estratégia arriscada, especialmente para iniciantes.

3. Fazer vingança no trading

É comum ver traders tentando recuperar imediatamente uma grande perda, o que chamamos de vingança no trading. Não importa se você quer ser um analista técnico, um day trader ou um swing trader – evitar decisões emocionais é crucial.

É fácil manter a calma quando as coisas estão indo bem ou mesmo quando você comete pequenos erros. Mas você consegue se manter calmo quando as coisas dão completamente errado? Você consegue seguir seu plano de negociação, mesmo quando todos os outros estão em pânico?

Observe a palavra “análise” na análise técnica. Naturalmente, isso implica uma abordagem analítica para os mercados, certo? Então, por que você tomaria decisões precipitadas e emocionais nesse contexto? Se você deseja estar entre os melhores traders, deve ser capaz de se manter calmo mesmo depois dos maiores erros. Evite decisões emocionais e mantenha uma mentalidade lógica e analítica.

Negociar imediatamente após sofrer uma grande perda tende a levar a mais perdas. Alguns traders podem até mesmo parar de negociar por um período de tempo após uma grande perda. Dessa forma, eles podem recomeçar do zero e voltar a negociar com uma mente clara.

4. Ser teimoso demais para mudar de opinião

Se você deseja se tornar um trader de sucesso, não tenha medo de mudar de opinião. As condições de mercado podem mudar rapidamente e uma coisa é certa: elas sempre vão mudar. Seu trabalho como trader é reconhecer essas mudanças e se adaptar a elas. Uma estratégia que funciona muito bem em um determinado ambiente de mercado pode não funcionar em outro.

Vamos ler o que o lendário trader Paul Tudor Jones tinha a dizer sobre suas posições: “Todos os dias, assumo que todas as posições que tenho estão erradas.” É uma boa prática tentar considerar o outro lado de seus argumentos para identificar suas fraquezas potenciais. Dessa forma, suas teses de investimento (e decisões) se tornam mais abrangentes.

Isso também levanta outro ponto: os vieses cognitivos. Os vieses podem afetar significativamente suas decisões, nublar seu julgamento e limitar as possibilidades que você é capaz de considerar. Certifique-se de entender pelo menos os vieses cognitivos que podem afetar seus planos de negociação, para que você possa mitigar suas consequências de forma mais eficaz.

5. Ignorar condições extremas de mercado

Há momentos em que as qualidades preditivas da análise técnica se tornam menos confiáveis. Esses momentos podem ser eventos de cisnes negros ou outros tipos de condições extremas de mercado, que são fortemente influenciadas pela emoção e psicologia de massa. Em última análise, os mercados são impulsionados pela oferta e demanda, e pode haver momentos em que eles estejam extremamente desequilibrados para um lado.

Tomemos o exemplo do Índice de Força Relativa (RSI), um indicador de momentum. Geralmente, se a leitura estiver abaixo de 30, o ativo gráfico pode ser considerado sobrevendido. Isso significa que o momentum do mercado está atualmente sendo ditado pelos vendedores, ou seja, indica que os vendedores são mais fortes do que os compradores.

O RSI pode atingir níveis extremos durante condições de mercado extraordinárias. Ele pode até mesmo cair para valores próximos ao mínimo possível (zero). No entanto, mesmo uma leitura extremamente sobrevendida não significa necessariamente que uma reversão esteja iminente.

Tomar decisões cegamente com base em ferramentas técnicas que atingem leituras extremas pode resultar em grandes perdas financeiras. Isso é especialmente verdadeiro durante eventos de cisnes negros, quando a ação do preço pode ser excepcionalmente difícil de ler. Durante esses momentos, os mercados podem continuar se movendo em uma direção ou outra, e nenhuma ferramenta analítica os deterá. Portanto, é sempre importante considerar outros fatores e não depender apenas de uma única ferramenta.

6. Esquecer que a TA é um jogo de probabilidades

A análise técnica não lida com absolutos, mas sim com probabilidades. Isso significa que qualquer abordagem técnica em que você baseie suas estratégias nunca garante que o mercado se comportará como você espera. Talvez sua análise sugira uma probabilidade muito alta de o mercado subir ou cair, mas isso ainda não é uma certeza.

Você precisa levar isso em consideração ao estabelecer suas estratégias de negociação. Não importa o quão experiente você seja, nunca é uma boa ideia acreditar que o mercado seguirá sua análise. Se você fizer isso, estará propenso a arriscar muito em um único resultado, correndo o risco de ter grandes perdas financeiras.

7. Seguir cegamente outros traders

Melhorar constantemente sua habilidade é essencial se você deseja dominar qualquer habilidade, especialmente quando se trata de negociação nos mercados financeiros. Na verdade, as mudanças nas condições de mercado tornam isso uma necessidade. Uma das melhores maneiras de aprender é seguir analistas técnicos e traders experientes.

No entanto, se você deseja ter sucesso consistentemente, também precisa encontrar suas próprias forças e desenvolvê-las. Podemos chamar isso de sua vantagem, aquilo que o torna diferente dos outros traders.

Se você ler muitas entrevistas com traders de sucesso, certamente notará que eles têm estratégias bastante diferentes. Na verdade, uma estratégia que funciona perfeitamente para um trader pode ser considerada completamente inviável por outro. Existem inúmeras maneiras de lucrar com os mercados. Você só precisa descobrir qual se adequa melhor à sua personalidade e estilo de negociação.

Entrar em uma negociação com base na análise de outra pessoa pode funcionar algumas vezes. No entanto, se você seguir cegamente outros traders sem entender o contexto subjacente, isso certamente não funcionará a longo prazo. Isso não significa que você não deva seguir e aprender com os outros. O importante é se você concorda com a ideia de negociação e se ela se encaixa em seu sistema de negociação. Você não deve seguir outros traders cegamente, mesmo que sejam experientes e respeitados.

Considerações Finais

Passamos por alguns dos erros mais fundamentais que você deve evitar ao usar a análise técnica. Lembre-se de que o trading não é fácil e, geralmente, é mais viável abordá-lo com uma mentalidade de longo prazo.

Tornar-se consistentemente bom no trading é um processo que leva tempo. Requer muita prática para aprimorar suas estratégias de negociação e aprender a formular suas próprias ideias de negociação. Dessa forma, você pode descobrir suas forças, identificar suas fraquezas e ter o controle de suas decisões de investimento e negociação.

Atualizado em by Forex Digital
icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Risco de Perda de Capital
Registro Rápido

Corretora regulamentada. Conta Demo com $10.000 em fundos virtuais Grátis!

92%
Pontuação de Confiança

Ganhe $10.000 Virtuais! Nas Corretoras Abaixo

icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Pontuação de Confiança
icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Pontuação de Confiança
icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Risco de Perda de Capital
Pontuação de Confiança
A análise técnica é uma das formas mais utilizadas para analisar os mercados financeiros. Ela pode ser aplicada a praticamente qualquer mercado financeiro, seja ações, forex, ou criptomoedas. No entanto, dominar a análise técnica não é uma tarefa fácil e muitos iniciantes cometem erros que podem custar caro. Neste artigo, vamos abordar os 7 erros mais comuns em análise técnica e como evitá-los para alcançar o sucesso no trading.